Guarda-roupas Inteligente: O Básico!

Fonte: Google Imagens
Olá, Minhas Lindas!!!
Já ouviram falar de guarda-roupas inteligente?! Ou nunca tiraram um tempinho para conhecer o que tem no seu armário, vive achando que não tem roupa e compra o que vê pela frente só porque achou bonito, sem pensar?!?!?!
Hummmm… me arrisco a dizer que a maioria se encaixa na segunda opção. Sabe porque?! Porque eu também já sofri com este dilema tão comum no universo feminino!
Mas este ano o BP será recheado com dicas para que você consiga usar ao máximo tudo de legal que já tem, saber do que precisa e aprender a fazer compras inteligentes. Não é o máximo?! Até eu estou hiper ansiosa! <3 o/o/
E nada melhor e mais inteligente do que começar com o BÁSICO!
A palavra básico é um adjetivo que significa,
  • faz parte da base; basilar 
  • mais importante; fundamental; primordial; essencial.
Vocês já viram a construção de alguma coisa sem uma base bem sólida?! Se já, posso garantir que a coisa não funcionou muito bem, ou não era tããão consistente, não é mesmo?!
Construir um guarda-roupas inteligente não é diferente; deve ter uma base, deve ter o fundamental, caso contrário, nem preciso dizer que não vai rolar! Nada funciona, nada combina com nada. Você tem mil peças, mas não tem o que vestir. Tudo pelo simples fato de não ter peças chave que interligam todas as outras.
Afinal, que peças são essas???
Vamos começar pelo BLAZER
 
Não existe mulher elegante que não tenha pelo menos um! Estamos tratando de peças básicas,  portanto, não se fala em blazer colorido ou estampado enquanto você ainda não tiver um preto e um azul marinho. Morô?!
Eis ai um coringa! Sou apaixonada! Atualiza em segundos a produção jeans+camiseta, fica legal com a manga no lugar ou dobrada, super chic com uma peça de alfaiataria… ou seja, vai com tudo! Costumo dizer que o blazer passa uma imagem que diz: “Passei mais tempo me arrumando hoje”.
Como não é preciso ter muitos, INVISTA! Não economize comprando uma peça “meia-boca”, de caimento ruim. Será um desastre!
CAMISETA
As camisetas de alça são um trunfo para usar com terceira peça (jaqueta ou blazer). As de seda (como na foto) são minhas favoritas, mas também existem muitas em algodão que são maravilhosas. O ideal é que não sejam muito justas no corpo. As brancas e pretas são as mais versáteis, e as que possuem detalhe em renda dão um toque requintado ao visual!
Vai bem com alfaiataria,  tweed e fica lindíssimo com o jeans de cada dia!
CAMISA DE CHAMBRAY
Chambray é um tecido que parece jeans, mas não é. É um tecido fino e mole. É uma camisa que une o chic e o despojado. Tem que ter!
JAQUETA DE COURO
É um item eterno. Mas sem muitos detalhes, por favor! Fica mais versátil e mais chic!
JAQUETA JEANS
Quanto menos detalhes, desgastes, etc… melhor! Maior será a chance de usá-la com praticamente tudo. Fica show com vestidos, saias, e até mesmo combinada com peças nobres.
VESTIDO PRETO
Clássico dos clássicos, o pretinho nada básico é o item “não tem erro” do armário. Na dúvida, vá te preto! O bacana desta peça é que com acessórios você muda completamente sua cara, sem contar que é nosso amigão na hora de “recauchutar” a silhueta. Valem os tubinhos, rodados, chemises, etc.
Vamos nos inspirar na Diva do Pretinho Nada Básico de todos os tempos?! Com vocês, Audrey Hepburn, em Bonequinha de Luxo (1961):
 CAMISA BRANCA E/OU OFF-WHITE
Gente, todas concordam que camisa branca é vida, nê?! Não tem como não ter! É super versátil e vai do passeio no shopping ao coquetel sem nenhum problema!
 
TRENCH COAT
INDISPENSÁVEL! A cor clássica desta peça é o cáqui (e a que eu acho mais linda!). Vai bem com produções chiques ou casuais. É realmente um coringa. O nome traduzido ao pé da letra significa casaco de trincheira por conta de seu uso militar, inicialmente.
 
SAIA PRETA
Quantas vezes você já disse para si mesmo: Estou precisando de uma saia preta! Certamente você estava mesmo, porque esta é a peça chave master de todo o quarda-roupas; principalmente as lápis! Porém, o mais importante de tudo não é ser preta, mas ser preta e de um tecido nobre (gabardine, crepe ou algodão encorpado, são ótimas opções). Esta não tem jeito, tem que ter MESMO!
É isso, Meninas! Tendo essas peças chave, vocês vão ver como o guarda-roupas irá multiplicar! Faltam algumas peças?! Então já sabem no que investir daqui pra frente! Nada de compras compulsivas e sem planejamento!
O quadro Guarda-roupas Inteligente volta na semana que vem com mais dicas!
 
Mil Bêjús,
da Juh.
JULIANA BRAGANÇA, 25. Bióloga em formação, Blogueira por vocação. Apaixonada pelo mundo da moda desde menina. O “Pitacos” veio para apresentar uma moda elegante e modesta!”

Comentar via Facebook

Comentário(s)

4 thoughts on “Guarda-roupas Inteligente: O Básico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *